Com Ossos destes, até eu era cão

Já por mais do que uma vez aqui fiz alusão ao meu fétiche com actrizes de ascendência asiática. O lamentável é que deixei sempre de fora precisamente aquela que no momento mais me enche as medidas. Falo, claro está, de Michaela Conlin, mais conhecida como a Angela Montenegro de Bones. Filha de pai irlandês e mãe chinesa, Michaela tem uma daquelas belezas singulares que primeiro se estranham, e depois se entranham (e muito). E não é apenas a aparência: aquela voz quente e provocante, o sorriso do tamanho do mundo e uma personalidade vincada fazem desta mulher um verdadeiro portento de sensualidade. Numa série mediana propícia ao visionamento de episódios soltos – salvo um ou outro arco narrativo – Michaela seria razão quase suficiente para me tornar aficcionado. Quase.  

 

Esta entrada foi publicada em Pessoas, Televisão com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s