Reality is Stranger Than Fiction – Part II

Num bar, um indivíduo já com os copos propôs a um amigo em semelhante estado de embriaguez que atirasse assim de repente o mais improvável alinhamento de nomes para um filme qualquer. “Então olha… para começar, podia ser um thriller, porque resultam sempre bem na bilheteira. Produzido pelo Ridley Scott e pelo irmão. Depois, para realizador, escolhia aquele sul-coreano que faz uns filmes assim meio marados, com padres vampiros e relações incestuosas. Park Chan Wook? Sim, esse. Para protagonista, ia buscar a miúda doce do Alice in Wonderland. Dava um contraste do caraças, hein? Por fim, e porque estamos aqui na galhofa, para escrever o argumento contratava o gajo do Prison Break, aquele com o primeiro nome esquisito!”. E depois escangalharam-se a rir, pensando para si próprios que o efeito do álcool fazia realmente as pessoas pensar em coisas que não lembram ao diabo.

But little did they know que… o filme está mesmo em vias de ser feito e chamar-se-á Stoker!

Esta entrada foi publicada em Pessoas com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s